Plantas Medicinais – Medicina Tradicional (2022)

Lúcia GasparBibliotecária da Fundação Joaquim Nabucopesquisaescolar@fundaj.gov.br

O uso de plantas como medicamento é provavelmente tão antigo quanto o aparecimento do próprio homem. A preocupação com a cura de doenças sempre se fez presente ao longo da história da humanidade.

Bem antes do surgimento da escrita, o homem já utilizava ervas para fins alimentares e medicinais. Buscando as espécies vegetais mais apropriadas para sua alimentação ou para cura de seus males, nossos ancestrais foram descobrindo as que serviam para se alimentar, se medicar, as que eram venenosas e as que causavam efeitos alucinógenos.

Um tratado médico datado de3.700 aC., escrito pelo imperador chinês Shen Wung, é um dos mais antigos documentos conhecidos sobre as propriedades medicinais das plantas. Os egípcios,1.500 a. C. já utilizavam ervas aromáticas na medicina, na culinária e, principalmente, em suas técnicas para embalsamar os mortos. Os sumérios da Mesopotâmia possuíam receitas valiosas, que só eram conhecidas por sábios e feiticeiros. Na Índia, aproximadamente no ano1.000 a. C., o uso de ervas era bastante difundido.

Durante a Idade Média, o cultivo das ervas utilizadas como alimentos, bebidas e remédios, ficou a cargo dos monges, que as plantavam ao redor dos mosteiros e igrejas.

Na Europa, principalmente na Inglaterra, a medicina alternativa tem cada vez mais adeptos e nos Estados Unidos há uma grande quantidade de farmácias naturais.

No Brasil, o conhecimento das propriedades de plantas medicinais é uma das maiores riquezas da cultura indígena, uma sabedoria tradicional que passa de geraçãoem geração. Oíndio tem um conhecimento profundo da flora medicinal, retirando dela os mais diversos remédios, usados de diferentes formas. Suas práticas curativas e preventivas estão relacionadas com o modo como ele percebe a doença e suas causas, sendo realizadas pelo pajé em rituais cheios de elementos mágicos e místicos.

Existe uma grande quantidade de espécies em todo o mundo e a Amazônia abriga 50% da biodiversidade do Planeta. De acordo com dados de instituições de pesquisas da região, cerca de cinco mil, dentre as 25 mil espécies amazônicas, já foram catalogadas e suas propriedades terapêuticas estudadas.

As plantas medicinais podem ser adquiridas em mercados públicos, lojas de ervas, podem ser colhidas no campo ou cultivadas em jardins, hortas, e até em vasos.

Mais de 25% de todos os medicamentos são de origem vegetal.As plantas medicinais sempre foram objeto de estudo, buscando-se novas fontes para obtenção deprincípios ativos,responsáveis por sua ação farmacológica ou terapêutica.

Do ponto de vista científico, no entanto, ainda é um campo pouco estudado e difundido no País, apesar da riqueza da flora brasileira, ficando os estudos na área mais restritos à antropologia e ao folclore, através damedicina popular.

Apesar de muitas plantas serem úteis ao homem, existem aquelas que produzem substâncias tóxicas ou venenosas. É preciso conhecer bem as características de cada planta para poder usá-la como remédio.

É comum se ouvir dizer que o uso das plantas medicinaisse não fizer bem, mal não fará, porém não é bem assim. Sua utilização inadequada poderá trazer efeitos indesejados. É necessário ter conhecimento da doença ou do sintoma apresentado e fazer a seleção correta da planta a ser utilizada, além de preparação adequada. A forma de uso, a freqüência e a quantidade são aspectos muito importantes para sua utilização. A dosagem deve observar a idade e o tipo de metabolismo de cada pessoa.

As plantas medicinais podem ser preparadas utilizando-se diversas formas:

·cataplasmas (preparação de uma espécie de pomada para uso externo, de uso tópico);

·decocção (fervura para dissolução das substâncias através de ação prolongada da água ou calor);

·inalação (combinação de vapor d’água com substâncias voláteis das plantas aromáticas);

·infusão (modo tradicional de preparação dos chás);

·maceração (a substância vegetal fica em contato com álcool, óleo, água ou outro líquido para dissolver o princípio ativo) ;

(Video) Medicina tradicional indiana ayurveda utiliza mais de 500 ervas

·sumos ou sucos (espremidos em pano, triturados em liquidificador ou pilão, podendo ser adicionada água ou não);

·vinhos medicinais (preparações para dissolver as substâncias vegetais em vinho puro);

·poções (soluções onde são agregados xaropes, tinturas, extratos ou outros ingredientes);

·torrefação (utilizando-se o fogo para retirar a água e modificar algumas propriedades da planta);

·ungüento e pomadas(preparado através da mistura do suco, tintura ou chá da planta medicinal com vaselina ou lanolina).

·xarope (preparações dissolvendo-se a substância da planta em açúcar e água aquecidos, obtendo-se o ponto de fio).

As plantas medicinais são utilizadas para os mais diferentes efeitos, entre os quais podem ser destacados: oanticatarral (inibe a formação de catarro); o antiespasmódico (evitaou alivia as contrações musculares dolorosas); antiflatulento (elimina os gases intestinais); anti-reumático (combate o reumatismo); antitussígeno:(inibe a tosse); diurético (auxilia a eliminação de líquidos pelos rins); emético (provoca vômito); expectorante (elimina a mucosidade do aparelho respiratório); hemostático (estanca hemorragias); laxante (solta os intestinos); obstipante (prende os intestinos).

Abaixo estão relacionadas, em ordem alfabética, algumas plantas medicinais com seus nomes populares e suas indicações terapêuticas:

abacate– a casca é vermífuga e anti-hemorrágica; o caroço ralado é um tonificante do couro cabeludo e o chá das folhas é indicado para problemas renais;

abóbora(jerimum) – vermífugo, especialmente indicado para a taeníase (tênia); (verminose);

agrião– infecções das vias respiratórias, antianêmico e digestivo;

alfavaca– antigripal, diurética e hipotensora. As sementes são usadas contra blenorragia;

alho roxo –dores de dente, cólicas, flatulência, asma e prisão de ventre;

andiroba –o óleo das sementes friccionadas é usado para bursites e nevralgias, funcionando também como repelente de insetos;

arnica (erva lanceta ou rabo de rojão) –serve para pancadas, contusões;

babosa –o sumo das folhas é usado como xampu anti-caspa, combate à queda de cabelos e para lavar feridas, úlceras, eczemas e hemorróidas;

boldo –digestivo, antitóxico, combate a prisão de ventre e é usado também nas febres intermitentes;

camomila –antiespamódica, antinevrálgica, digestiva, combate urticárias e inflamações de garganta;

(Video) Plantas Medicinais: a cura pela natureza | Saúde é Vida

cabacinha –utilizada em infusão para o combate a sinusite. O chá é abortivo.

capim-santo– tranqüilizante, usado também contra as diarréias e a hipertensão;

carrapicho –o chá das folhas serve para combater diarréias e problemas renais;

cidreira –o chá é calmante e faz bem ao estômago e combate a diarréia;

eucalipto –o chá combate a febre e a inalação serve para sinusite e broquite;

erva-doce– tranqüilizante, antiespamódico, afrodisíaco e diurético;

fava– a infusão das folhas usadas para banhos e emplastos é usada contra impetigo;

goiaba –o chá dos brotos novos serve para combater a diarréia;

graviola –o chá das folhas é usado contra o diabetes;

hortelã –é antiespamódica, atua contra vômitos, combate enxaquecas;

ipecacunha –o chá da raiz combate anginas, úlceras e sífilis. O lambedor é usado contra a gripe;

jabuticaba –gargarejo com a casca do fruto cozido serve para afecções da garganta;

jurubeba –desintoxicante e combate os males do fígado;

louro –o chá das folhas é usado contra reumatismo e nevralgias;

manjericão– o chá com leite é sedativo da tosse;

maracujá –tanto as folhas como o fruto são calmantes;

mastruço –expectorante, antiinflamatório e o chá serve para cólicas;

melancia –diurético;

(Video) 18 - Plantas Medicinais na Medicina Tradicional Indígena e Ancestral das Américas

mulungu –o chá é indicado para bronquite, asma, febre e problemas hepáticos, e o banho com a infusão da casca é calmante e combate a insônia;

pau-brasil–a infusão das folhas é indicada para o combate ao diabetes;

pitanga– o chá das folhas é antitérmico;

quebra-pedras –o chá é antitóxico e diurético, sendo indicado para a diluição de cálculos renais.

romã– a infusão da casca do fruto á antitóxica e digestiva, tendo também ação atiespamódica;

unha-de-vaca –indicada para combater o diabetes.

Recife, 30 de junho de 2008.

(Atualizado em 8 de setembro de 2009).

FONTES CONSULTADAS:

BREVE história das ervas. Disponível em: <http://users.matrix.com.br/mariabene/breve_historia_das_ervas.htm>. Acesso em: 26 jun. 2008.

ERVAS medicinais. Disponível em: <http://www.bethynha.com.br/ervas.htm>. Acesso em: 26 jun. 2008.

PLANTAS medicinais. Disponível em: <http://ci-67.ciagri.usp.br/pm/>. Acesso em: 26 jun. 2008.

PLANTAS e ervas medicinais da Amazônia: um mercadoem expansão. Disponívelem: <http://www.jardimdeflores.com.br/ECOLOGIA/A15ecologia1.htm>. Acesso em: 26 jun. 2008.

SOSSAE, Flávia Cristina.Plantas medicinais. Disponível em: <http://educar.sc.usp.br/biologia/prociencias/medicinais.html>. Acesso em: 25 jun. 2008.

Fonte: GASPAR, Lúcia.Plantas medicinais.Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>.

………

Ervas e Medicamentos

De acordo com a FUNAI, Fundação Nacional do Índio, muitos vegetais usados pelos indígenas como medicamentos apresentam de fato resultados surpreendentes e, os conhecimentos técnicos, muitas vezes complexos, dos índios brasileiros, estão presentes tanto no combate às doenças, quanto na caça e na pesca (através da utilização de venenos), na ecologia, na astronomia, na fabricação de sal, de objetos de borracha, de tecidos e na guerra (uso de gases asfixiantes).

(Video) Plantas medicinais na medicina tradicional chinesa

O Estado do Acre possui mais de 200 espécies de plantas medicinais catalogadas. Os habitantes da floresta sabem como utilizar toda a riqueza e as potencialidades das plantas. São bastante difundidos na região os medicamentos caseiros, que se utilizam das ervas e plantas da Amazônia como matéria-prima. Cosméticos são preparados à base de óleo de copaíba, e o pau-rosa é utilizado na fabricação de fixadores de perfumes e essências.

Anualmente, a prefeitura de Rio Branco promove, em conjunto com várias entidades, a Feira de Produtos da Floresta do Acre – FLORA -, com o objetivo de divulgar estudos e pesquisas sobre os produtos florestais não-madeireiros, criar mercados para os produtos da região, estimular seu consumo e atrair investidores.

Segundo informações do núcleo Amazon Trade, que estuda a cultura e os costumes da Amazônia, as ervas e a fitoterapia (medicamentos preparados a base de plantas, através de chás, infusões) são recursos muito utilizados pela população local e pelos índios. Como exemplos desses produtos, pode-se citar:

  • Pó de Guaraná, usado como tônico estomáquico, estimulante, contra distúrbios gastro-intestinais, diarréias. Ativa as Funções cerebrais e combate a arteriosclerose, as nevralgias e as enxaquecas, detém as hemorragias atua como calmante para o coração.

  • Óleo de Copaíba, utilizado por suas propriedades medicinais, no combate aos catarros vesicais e pulmonares, desinterias, bronquites.

  • Óleo de Andiroba, potente cicatrizante, anti-inflamatório.

  • Casca de Açoita Cavalo, contém óleos essenciais que atuam frente as disenterias, hemorragias, artrite, reumatismo, tumores, colesterol e Hipertensão.

  • Catuaba, tônico energético usado no tratamento de cansaço físico e sexual, insônia, nervosismo, falta de memória. Possui, ainda, propriedades anti-sifilíticas.

  • Semente de Sucupira, energético, anti-sifilítico, contém alcalóides empregados no tratamento de febres, reumatismo, artrite, inflamações, dermatoses.

  • Casca de Barmitão, potente anti-hemorrágico, anti-inflamatório.

  • Casca de Murapuama, tônico neuro-muscular, afrodisíaco, utilizado contra fraquezas, gripes, impotência, reumatismocrônico, etc.

  • Saracura-mirá, energético, usado no tratamento de cansaço físico, sexual, insônia, nervosismo, falta de memória.

  • Casca de Assacu, usado no combate às inflamações em geral, ulcerações, tumores.

  • Semente de Cumaru, propriedades medicinais que atuam reconstituindo as forcas orgânicas debilitadas, como tônico cardíaco.

  • Casca de Caroba, contém uma resina denominada “Carobona”, além de seu princípio ativo, o alcalóide “Carobina”. É diaforéticas (Cascas) e anti Sifilíticas (Folhas), debela feridas e elimina inflamações da garganta, afecções da pele, coriza, blenorragia, dores reumáticas e musculares, cálculos da bexiga.

  • Casca de Moruré, alivia as dores reumáticas, artríticas e da coluna verbal, estimulante do sistema nervoso e muscular.

  • Amêndoa do Açaizeiro, fornece um óleo verde-escuro bastante utilizado na medicina caseira, principalmente como anti-diarréico. O seu suco, de sabor exótico, possui grande valor nutritivo e contém altas concentrações de ferro, sendo bastante usado no combate à anemia.

Além de todos os produtos acima citados, a região norte do Brasil apresenta, ainda, outros derivados de plantas, como o Daime. De origem indígena, apresenta propriedades calmantes, mas sabe-se também que é pertencente à “família” dos perturbadores do sistema nervoso central, ou seja, é alucinógenas, tanto quanto a maconha ou o LSD.

(Video) EXPOSIÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS TRADICIONAIS

O Daime dá origem a uma seita chamada de “Santo Daime”. O chá é chamado Ayuwasca, obtido da mistura do cipó jagube e da folhas da planta chacrona. Há várias comunidades na Amazônia que cultuam o Santo Daime, reverenciando a mata, a floresta, Deus e a alegria. As letras de seus hinos têm inspiração ecológica. Muitos renomados artistas e pessoas públicas entraram para esta seita.

Fonte: final do artigoMedicina Indígena: da Magia à Curadehttp://www.boasaude.com.br/

FAQs

Quais são as plantas de medicina? ›

Raízes fortes
  1. Cimicifuga (Actaea racemosa) ...
  2. Gengibre (Zingiber officinale) ...
  3. Kava-kava (Piper methysticum) ...
  4. Equinácea (Echinacea purpurea) ...
  5. Valeriana (Valeriana officinalis) ...
  6. Garra-do-diabo (Harpagophytum procumbens) [Disponível no SUS] ...
  7. Alho (Allium sativum)
31 Jan 2017

Quais as principais plantas medicinais utilizadas na medicina alternativa? ›

Alfazema, Erva Cidreira, Hortelã, Manjericao, Malva, Poejo, Sálvia, Funcho. Cavalinha, Confrei.

Qual melhor planta para dor? ›

Os 9 melhores chás para dores musculares
  1. Chá de unha-de-gato. A unha-de-gato é uma planta trepadeira, com folhas verdes claras e espinhos curvados - que realmente se parecem com unhas de gato. ...
  2. Chá de arnica. ...
  3. Mulungu. ...
  4. Chá de folha de louro. ...
  5. Chá de gengibre. ...
  6. Chá de sálvia. ...
  7. Chá de alecrim. ...
  8. Chá de carqueja.

Quantas plantas medicinais? ›

Segundo o Ministério da Saúde, atualmente, há registro de 2.160 Unidades Básicas de Saúde que disponibilizam fitoterápicos ou plantas medicinais, sendo que 260 UBS disponibilizam planta in natura, 188 a droga vegetal, 333 o fitoterápico manipulado e 1.647 UBS disponibilizam o fitoterápico industrializado.

Qual a flor da medicina? ›

A flor é a estrutura responsável pela reprodução das plantas angiospermas. É por meio da reprodução que novas plantas são originadas, assegurando a manutenção dos ecossistemas.

Qual é a planta mais poderosa do mundo? ›

Ártemis filha de Zeus e latona ou rainha de Halicarnasso cujo nome é também Artemísia, nasceu um dia antes de seu irmão Apolo, e ainda recém-nascida, Ártemis já ajudou sua mãe a dar à luz ao deus radioso do sol.

O que são plantas medicinais Cite exemplos? ›

As plantas medicinais são aquelas que apresentam ação farmacológica, ou seja, ajudam na cura ou tratamento de várias doenças. As plantas medicinais são usadas há muito tempo por nossos antepassados e são conhecidas por terem um papel importante na cura e tratamento de algumas doenças.

Para que serve o Alecrim? ›

Além de ser conhecido por um delicioso aroma e sabor, o chá de alecrim possui diversos benefícios para a saúde, como melhora da digestão, alívio da dor de cabeça e combate ao cansaço. Efeitos que se devem ao fato de esta ser uma erva rica em vitaminas A, C, K, B1 e B2.

Para que serve o dente de leão? ›

Fonte de antioxidantes, vitaminas e diferentes propriedades medicinais, o chá de dente-de-leão se destaca por fortalecer a imunidade e auxiliar no tratamento de diversos problemas (principalmente relacionados ao fígado e ao coração).

Quais eram as plantas medicinais usadas pelos índios? ›

Sálvia. A sálvia é uma planta medicinal muito especial para as comunidades indígenas, já que ela ajuda a reforçar a imunidade e resistência corporal contra a ação de vírus e bactérias.

Para que serve o chá de hortelã? ›

O próprio Ministério da Saúde do Brasil destaca as propriedades antiespasmódicas. Por isso, ela alivia qualquer forma de espasmos no intestino e pode, inclusive, ser utilizada durante o tratamento da Síndrome do Intestino Irritável.

O que é um chá medicinal? ›

Chás medicinais são feitos com ervas e plantas medicinais. Essas plantas possuem princípios ativos que ajudam a tratar determinados sintomas e problemas de saúde, tais como cólicas, dor de garganta, resfriados, entre outros.

Qual a planta que é anti-inflamatório? ›

Anti-inflamatório natural: 5 plantas que desempenham essa função
  • 1.1 Pequi.
  • 1.2 Posidonia oceanica.
  • 1.3 Acácia-branca.
  • 1.4 Copaíba.
  • 1.5 Sabugueiro.
6 Nov 2020

Qual planta é antibiótico? ›

Seis antibióticos naturais que você possui em sua cozinha
  1. 1 – Gengibre. Um dos remédios mais potentes que funciona incrivelmente bem para o tratamento do resfriado comum e gripe, naturalmente, é a raiz de gengibre fresco. ...
  2. 2 – Mel de Manuka. ...
  3. 3 – Limão. ...
  4. 4 – Dentes de alho. ...
  5. 5 – Flores de Echinacea. ...
  6. 6 – Chá-verde.
2 Jul 2015

Qual a melhor erva para ansiedade? ›

  • CAPIM CIDREIRA, CAPIM LIMÃO, CAPIM SANTO. Indicado principalmente no uso de suas folhas –secas ou não– para chás. ...
  • CAMOMILA. As flores podem ser usadas em chás, como sedativas, em momentos de ansiedade e insônia. ...
  • MELISSA. ...
  • MARACUJÁ ...
  • LAVANDA.
15 Sept 2021

Para que serve as cinco folhas? ›

- Ações analgésica e de proteção gástrica (comprovadas cientificamente). - Cultura popular: antianêmica, aperiente, antibacteriana, antidiarreica, antifúngica, antiulcerogênica, carminativa, colagoga, colerética, depurativa, desintoxicante hepática, diurética, digestiva, tônica hepática.

Para que é que serve a babosa? ›

Além de ser uma ótima aliada para a saúde do cabelo e da pele, a babosa também pode ser usada para tratar problemas como anemia, artrite, dor de cabeça, dor muscular, queimaduras, feridas, gripe, insônia, pé de atleta, inflamações, prisão de ventre e problemas digestivos.

Para que serve o eucalipto? ›

O eucaliptol, para completar, dilata os brônquios, facilitando a saída de catarro. Por tudo isso, as folhas dessa árvore perfumada servem de alívio para quem sofre de problemas respiratórios, como asma e bronquite. A inalação dos vapores da planta interfere nos vasos das mucosas do nariz, melhorando a respiração.

Qual a flor de câncer? ›

Câncer: rosa branca

Os cancerianos encontram uma sensação de serenidade nas rosas brancas. As delicadas pétalas simbolizam a sensibilidade interior do signo e o branco é uma cor significativa para eles, pois representa uma tela que permite que a criatividade floresça e brilhe.

Qual planta representa Saúde? ›

(Rosa = amizade, saúde e sucesso.

Qual é o verdadeiro símbolo da medicina? ›

O verdadeiro símbolo da medicina é um bastão com uma serpente que o envolve em espiral. No entanto, o símbolo de Hermes, com duas serpentes e duas asas na extremidade superior, que é na verdade o símbolo do comércio, tem sido erroneamente usado nos Estados Unidos como símbolo da medicina.

Qual é a flor mais chique? ›

Flor Kadupul

A Flor Kadupul figura como a flor mais cara do mundo, apesar de nunca ter sido vendida por valores superiores às outras aqui apresentadas. Isto acontece porque o seu preço é simplesmente incalculável. Esta flor é tão rara e tão frágil que vive apenas algumas horas e depois morre.

Qual é a planta mais cara do Brasil? ›

Flor-de-cera.

Qual é a planta mais cara? ›

Kadupul. A flor Kadupul é considerada a mais cara do mundo porque nunca foi comprada e, portanto, não tem preço. Esta pequena planta é na verdade um cacto e só cresce no Sri Lanka.

Quais são as 7 plantas da sorte? ›

Se quer saber mais, leia o artigo completo e descubra 7 plantas que atraem sorte e prosperidade para a sua vida!
  • Alecrim. ...
  • Arruda. ...
  • Árvore da felicidade. ...
  • Avenca. ...
  • Dinheiro em Penca. ...
  • Espada de São Jorge. ...
  • Manjericão.
11 Mar 2022

Quais são as plantas sagradas? ›

Plantas Sagradas
  • Cacto Sagrado Wachuma-Matucana. ...
  • Jurema Preta (Mimosa tenuiflora/hostilis) em pó - Casca da Raiz. ...
  • Psychotria alba. ...
  • Chaliponga - (Diplopterys cabrerana) ...
  • Banisteriopsis inebrians - Desidratado.

Qual erva da energia? ›

Alecrim, guaraná, erva-cidreira, ginseng, cravo-da-índia, coentro, funcho, hortelã. Essas são apenas algumas dentre as muitas plantas, ervas e temperos que podem ser usadas para suprir nossas carências energéticas.

Para que serve o chá de boldo? ›

Muito além da fama, o chá de boldo também facilita a digestão, protege as funções do fígado, reduz os gases, possui ação laxativa leve e que ajuda nos casos de constipação intestinal (prisão de ventre), favorece a eliminação de toxinas do fígado e pode melhorar as respostas imunológicas do organismo.

Para que serve a moringa? ›

Muitos são os benefícios atrelados ao consumo de moringa, entre eles estão: propriedades antidiabéticas, anticancerígenas, ela pode ser usada como um potente neuroprotetor, tratando a demência melhorando assim a função colinérgica e a memória, também agindo na redução da acidez em úlceras gástricas, artrite, entre ...

Para que é que serve o manjericão? ›

O chá de manjericão também é conhecido como anti-inflamatório, antisséptico, antimicrobiano e anti-espasmódico. Tais propriedades ajudam a reduzir as cólicas, úlceras estomacais e incômodos causados pela má digestão, assim como são eficientes para tratar aftas, dor de garganta e amigdalite.

Para que serve a folha de louro? ›

O louro é uma planta medicinal da espécie Laurus nobilis, muito usado na culinária para dar sabor e aroma às refeições preparadas, mas também possui propriedades medicinais, sendo por isso, utilizado na medicina tradicional para auxiliar no tratamento de problemas digestivos, infecções, estresse ou ansiedade, por ...

Para que serve o chá de folha de louro? ›

A infusão deste ingrediente ajuda a amenizar estresse e ansiedade. Ou seja, o chá de louro pode ser um bom aliado na hora de relaxar. Ele consegue proporcionar um efeito calmante, sem causar sonolência.

Quais são os 4 tipos de planta? ›

Didaticamente, as plantas são divididas em quatro grupos principais, tomando como base características como a presença ou ausência de vasos condutores, sementes, flores e frutos. Esses grupos são as briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

Quais são as 4 plantas? ›

As plantas podem ser classificadas em quatro grupos: briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

Para que serve o chá de espinheira santa? ›

A espinheira-santa é muito indicada para tratar gastrite, azia, úlcera no estômago e amenizar possíveis dores no trato digestivo. Isso porque ela tem propriedades antissépticas, cicatrizantes, anti-infecciosas, antioxidantes (de proteção celular) e ajuda muito a reduzir a acidez gástrica.

Para que serve as folhas de aroeira? ›

As cascas e folhas secas da aroeira são utilizadas contra febres, problemas do trato urinário, contra cistites, uretrites, diarréias, blenorragia, tosse e bronquite, gripes e inflamações em geral.

Para que serve o chá de erva cavalinha? ›

Planta tem ação diurética, anti-inflamatória e digestiva, além de ser indicada para o tratamento de ansiedade. As substâncias presentes na cavalinha vão ainda mais além: elas têm ação diurética (atuam na eliminação do sódio ajudando a tratar hipertensão e insuficiência renal), anti-inflamatória e digestiva.

Qual a planta medicinal mais poderosa do mundo? ›

Artemísia: a erva mais poderosa da terra.

Qual a melhor planta para baixar o diabetes? ›

Os chás de canela, carqueja e pata-de-vaca são bons remédios naturais para baixar a glicose no sangue porque possuem propriedades hipoglicemiantes que melhoram o controle da diabetes.

Qual é o nome da planta que cura câncer? ›

Resultados: os entrevistados citaram sete plantas medicinais utilizadas no tratamento e na prevenção do câncer: babosa (Aloe vera sp), erva-de-lagarto (Casearia sylvestris), noz-pecã (Caraya illionensis), quebra-pedra (Phyllanthus niuri), cocão (Erythroxylum argentinum), madressilva (Lonicera sp) e carrapicho rasteiro ...

Quais são as plantas sagradas? ›

Plantas Sagradas
  • Cacto Sagrado Wachuma-Matucana. ...
  • Jurema Preta (Mimosa tenuiflora/hostilis) em pó - Casca da Raiz. ...
  • Psychotria alba. ...
  • Chaliponga - (Diplopterys cabrerana) ...
  • Banisteriopsis inebrians - Desidratado.

Qual a melhor erva para ansiedade? ›

  • CAPIM CIDREIRA, CAPIM LIMÃO, CAPIM SANTO. Indicado principalmente no uso de suas folhas –secas ou não– para chás. ...
  • CAMOMILA. As flores podem ser usadas em chás, como sedativas, em momentos de ansiedade e insônia. ...
  • MELISSA. ...
  • MARACUJÁ ...
  • LAVANDA.
15 Sept 2021

Qual erva da energia? ›

Alecrim, guaraná, erva-cidreira, ginseng, cravo-da-índia, coentro, funcho, hortelã. Essas são apenas algumas dentre as muitas plantas, ervas e temperos que podem ser usadas para suprir nossas carências energéticas.

Qual é a árvore da felicidade? ›

A árvore-da-felicidade (Polyscias fruticosa) é uma planta de meia-sombra, que cresce lentamente e pode atingir até 5 m de altura. Para chegar ao seu tamanho máximo, a planta leva em média 20 anos. Sua folhagem verde escura lembra trevos-de-quatro-folhas.

Quais são os 4 tipos de planta? ›

Didaticamente, as plantas são divididas em quatro grupos principais, tomando como base características como a presença ou ausência de vasos condutores, sementes, flores e frutos. Esses grupos são as briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

Quais são as 4 plantas? ›

As plantas podem ser classificadas em quatro grupos: briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.

Qual é a planta da insulina? ›

A espécie amazônica conhecida como pata-de-vaca (Bauhimia forficata link), usada popularmente como planta medicinal, tem fama de ser eficaz no tratamento da diabetes e apresentar propriedade purgativas e diuréticas.

Para que serve o suco de mastruz? ›

O mastruz é uma planta medicinal, também conhecida por erva de santa maria ou chá mexicano, que é muito utilizada na medicina tradicional para tratar vermes intestinais, má digestão e para fortalecer o sistema imunológico.

Videos

1. 10 Plantas MILAGROSAS Que Você Tem Em CASA (E Que Nunca Deve Deixar Faltar)
(Universo Space News)
2. APRENDENDO COM AS PLANTAS MEDICINAIS - JIMILE DE ASSIS
(Chico Abelha)
3. MEDICINA TRADICIONAL EN EL ALTIPLANO BOLIVIANO
(Neyza Goyzueta)
4. PLANTAS MEDICINAIS MELHORES QUE REMÉDIOS | EP.01 Curas pela Natureza
(Jolivi Saúde)
5. O Uso de plantas medicinais na medicina tradicional do semiárido baiano
(unifgoficial)
6. Morgana Duarte - No Landi pesquisamos as Plantas Medicinais e a Medicina Tradicional Chinesa
(PICS na Pauta - Daniel Miele Amado)

Top Articles

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Van Hayes

Last Updated: 12/03/2022

Views: 5637

Rating: 4.6 / 5 (46 voted)

Reviews: 93% of readers found this page helpful

Author information

Name: Van Hayes

Birthday: 1994-06-07

Address: 2004 Kling Rapid, New Destiny, MT 64658-2367

Phone: +512425013758

Job: National Farming Director

Hobby: Reading, Polo, Genealogy, amateur radio, Scouting, Stand-up comedy, Cryptography

Introduction: My name is Van Hayes, I am a thankful, friendly, smiling, calm, powerful, fine, enthusiastic person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.